26 de Novembro de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » SAÚDE

Saúde tem programação inédita voltada à população negra e o SUS

Com o tema "Vidas Negras Importam", questões de saúde pública referentes à população negra serão debatidas com participação de especialistas

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo promove a partir desta segunda (16), uma semana inédita com eventos online e presenciais para estimular o debate sobre a saúde da população negra e o SUS (Sistema Único de Saúde).

Chamada de "Saúde – Vidas Negras Importam", a programação faz foi organizada em celebração ao Dia Nacional da Consciência Negra (20 de novembro).

Os eventos online contarão com servidores públicos, que também são ativistas, além de estudiosos e pesquisadores que irão debater temas variados, que vão desde a desconstrução do racismo e promoção da igualdade racial até a importância da autodeclaração racial para inquérito epidemiológico (confira abaixo programação completa).

Com o tema "Qual a sua Cor? – Importância do Quesito Raça-Cor nas Informações de Saúde", a palestra inaugural terá como convidada a médica Naila Janilde Seabra Santos, do Centro de Referência e Treinamento CRT/Aids-SP, serviço da Secretaria que tem sido considerado um bom modelo na prática do preenchimento de dados dos usuários do SUS que contribuem para pesquisas epidemiológicas sobre a saúde do negro.

Ao todo a semana contemplará seis eventos online, cinco ações presenciais em hospitais e uma exposição de fotos.

No dia 20, o próprio secretário Jean Gorinchteyn conduzirá uma live em que abordará a situação do negro na pandemia de COVID-19 e os riscos desta população. "Queremos marcar esta data, promovendo a valorização da diversidade étnico-racial, a qualificação da assistência médica e a discussão sobre doenças crônicas comuns entre a população negra, como o diabetes e a hipertensão, que acabaram expondo ainda mais esta população às complicações da COVID-19", afirma o secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn.

O Secretário terá como convidada a pesquisadora Márcia Pereira Alves dos Santos, especialista em anemia falciforme, outra doença comum entre a população negra. Santos é da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e integrante do Grupo Técnico Racismo e Saúde da Abrasco (Associação Brasileira de Saúde Coletiva).

Confira a programação completa:

16/11 (segunda-feira), das 14h às 16h
Webinar (seminário online): "Qual a sua Cor?" – Importância do quesito raça-cor nas informações de saúde

Para participar: www.youtube.com/channel

Escopo: descrever o modelo de implantação do quesito raça-cor na assistência do Centro de Referência e Tratamento em IST e Aids, compartilhando experiência para a rede sobre a importância dessas informações como dados epidemiológicos

Público-alvo: recepcionistas, pessoas responsáveis pelo cadastro do paciente), chefias, gerentes e técnicos de sistemas de informação, profissionais dos serviços de saúde, lideranças de movimento negro, ativistas, usuários do SUS, conselheiros do Conselho Estadual e Conselhos Municipais de Saúde

Coordenador: Dr. José Dinio Vaz Mendes – Coordenadoria de Planejamento de Saúde – SES.

Convidada: Dra. Naila Janilde Seabra Santos – Médica do Centro de Referência e Treinamento DST/AIDS da Coordenadoria de Controle de Doenças, Mestra e Doutora em epidemiologia pela Faculdade de Saúde Pública da USP

17/11 (terça-feira), das 11h às 12h
Webinar (seminário online): "Racismo e Trabalho"

Para participar: youtube.com/eadses

Escopo: balanço analítico, a partir de um breve histórico desde a escravidão até os tempos atuais, sobre a saúde do trabalhador e as relações de trabalho.

Público-alvo: trabalhadores da área de saúde

Coordenadora: Prof. Ms. Aparecida Novaes – Coordenadora da Coordenadoria de Recursos Humanos - SES (Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo)

Convidadas/os: Profa. Dra. Cida Bento – Diretora-Executiva do CEERT (Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades). Doutora em Psicologia pela USP e Colunista da Folha de S. Paulo
Convidado: Prof. Dr. Ivair Augusto Alves dos Santos – Executivo Público – Divisão Técnica de Vigilância Sanitária do Trabalho-Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (DVST-CEREST) do CVE-CCD / SES. Doutor em Sociologia pela UnB.

19/11 (quinta-feira), das 14h às 16h

Webinar (seminário online): "Agravos em Saúde da População Negra" - perfil epidemiológico

Para participar: www.youtube.com/channel

Escopo: apresentar aos participantes as doenças prevalentes na população negra em função das condições sociais, condições de acesso a serviços e qualidade da atenção e por questões genéticas, com especial atenção a Hipertensão e Diabetes.

Público-alvo: gestores, profissionais de saúde, lideranças de movimento negro, conselheiros do Conselho Estadual e Conselhos Municipais de Saúde, ativistas e lideranças de movimentos negros.

Coordenador: Dr. Luís Eduardo Batista, pesquisador científico da Coordenadoria de Controle de Doenças

Convidada: Dra. Telma de Cassia dos Santos Nery – Médica com especialização em Medicina do Trabalho, atualmente médica sanitarista na Divisão de Pneumologia do Instituto do Coração Incor/Faculdade de Medicina/USP.

Convidado: Dr. Sérgio Francisco Luiz – Médico Cardiologista e Ativista.


20/11 (quinta-feira), das 14h às 15h30

Live: "Saúde – Vidas Negras Importam" com o Secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn

Acesso: www.youtube.com

Público-alvo: gestores, profissionais de saúde, lideranças de movimento negro, conselheiros do Conselho Estadual e Conselhos Municipais de Saúde, ativistas e lideranças de movimentos negros

Coordenador: Dr. Jean Carlo Gorinchteyn - Secretário de Estado da Saúde e médico infectologista da linha de frente no combate à covid-19 nos hospitais Emílio Ribas (SUS) e Albert Einstein

Convidados: Profa. Dra. Márcia Pereira Alves dos Santos - especialista em anemia Falciforme da UFRJ e integrante do Grupo Técnico Racismo e Saúde da Abrasco (Associação Brasileira de Saúde Coletiva)

Luís Eduardo Batista, servidor de carreira do Centro de Controle de Doenças da Secretaria da Saúde e ativista

20/11 (quinta-feira), a partir das 12h

Exposição: "Saúde – Vidas Negras Importam"

Escopo: abertura da exposição com cerca de 80 fotos de trabalhadores da SES (Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo) e de negros notáveis da História

Público-alvo: geral

Local: hall de entrada prédio do prédio da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, localizado na Av. Dr. Arnaldo, 351 – bairro Cerqueira César, São Paulo.

24/11 (terça-feira), das 9h30 às 12h

Webinar (seminário online): ”Violência e População Negra"

Acesso: https://www.youtube.com/channel/UC04bxzJ3IyLH-G_h0olHvHw
Escopo: abordar o racismo estrutural como a violência e o impacto na assistência médica dessa população. Debater as atividades de educação permanente aos profissionais do sistema público de saúde visando descontruir manifestações racistas.

Público-alvo: gestores e trabalhadores da saúde, Rede de Saúde do SUS SP em todos os níveis de complexidade, Secretaria de Desenvolvimento Social com os Cras e Creas, Ministério Público Estadual, Cosems, Conselheiros do Conselho Estadual da Saúde e Conselhos Municipais de Saúde, Conselho Estadual de Participação e Desenvolvimento da População Negra, Departamentos Regionais de Saúde DRS, Delegacia das Mulheres, Secretaria da Justiça

Coordenadoras: Dra. Sylmara Berger Dell Zotto – Coordenadora do Grupo de Violência da Secretaria de Estado da Saúde de SP; e Enfermeira Lígia Maria Carvalho de Azevedo Soares – Coordenadora da Área Técnica Saúde da População Negra da Secretaria de Estado da Saúde de SP

Convidadas/os: Prof. Ms. Emiliano Camargo (Instituto AMMA, Psique e Negritude); Prof. Dr. Alexandre da Silva – Universidade de São Paulo e Ativista; Prof. Ms. Denize Ornelas - Médica da Saúde da Família/Coletivo de Médicos e Medicas negras/NEGREX) e Ativista; Profa. Dra. Eunice Almeida - EACH-USP - Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo; Mário Augusto Vicente Malaquias – Coordenador do Centro de Apoio de Tutela Coletiva do MP SP e Coordenador do Enfrentamento ao Racismo MPSP

25/11 (quarta-feira), das 14h às 17h

Live: "Fórum Materno Infantil: Perspectivas Raciais para além das Questões de Ordem Biológica, para Mulheres e Crianças"

Acesso: www.youtube.com/channel

Escopo: debater a diversidade do estado, visando a elucidar as questões socioeconômicas, culturais, qualidade assistencial e acesso. Reforçar a premissa constitucional do SUS, que é universal e deve garantir assistência a qualquer cidadão.

Público-alvo: profissionais da área da saúde, secretários municipais da saúde; gestores de maternidades, unidades neonatais, médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, agentes de saúde, articuladores de atenção básica, saúde da mulher e humanização, Departamento Regional de Saúde (DRS), interlocutor do município, farmacêutico, fisioterapeutas, psicólogos, assistentes sociais, nutricionistas e fonoaudiólogos
Coordenador: Prof. Dr. Luís Eduardo Batista – CCD / SES

Convidadas/os: Prof. Ms Carlos Alberto Silva Junior - Advogado, especialista em direito público e Ativista; Prof. Ms Mônica Aurélia Bomfim dos Santos – Médica com atuação em Neonatologia na Rede Estadual de Saúde, membro do Conselho de Igualdade Racial de Osasco e Ativista).
Assessoria de Imprensa
+ VEJA TAMBÉM