23 de Outubro de 2019
17º/33º
ENTRETENIMENTO » BLOG

Assim que a greve dos caminhoneiros acabar, adivinhe quem vai pagar a conta?

A greve dos caminhoneiros chegou ao décimo dia na quarta-feira, 30 de maio, quando começou a retomada gradual do abastecimento e a redução dos pontos de bloqueio, com um possível enfraquecimento do movimento.

Na terça-feira, 29, a Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA) divulgou uma nota em que afirmava que a greve dos caminhoneiros foi "extraordinária”, mas que o movimento começava a sofrer um desgaste desnecessário. O documento apontava que a pauta de reivindicações – entre os itens a redução do preço do diesel e uma nova política de preços para os fretes – foi plenamente atendida pelo governo.

Para encerrar a greve de caminhoneiros, uma das reivindicações da categoria que foi atendida é o fim da cobrança de pedágio para eixos suspensos de veículos que circulam vazios. A decisão não deixou claro quem vai pagar a conta – o próprio governo federal mencionou a possibilidade de subsidiar, usando dinheiro público para isso. Outro problema da canetada é que ela não tem o poder de alterar o que está estabelecido nos contratos de pedágio e, sendo assim, as concessionárias não pretendem abrir mão, de graça, de receber um valor substancial em tarifas.



Renato Piovan
Renato Piovan
nasceu em Assis e é formado em Jornalismo pela FEMA. Desde muito jovem sonhava em ser jornalista, mas decidiu que queria produzir notícias não só por meio de textos, mas também de ilustrações. Atualmente mora na tranquila Pedrinhas Paulista, onde recarrega suas energias e tem inspiração para "cartoonizar" assuntos nacionais e mundiais referentes à política, cotidiano, esportes, etc. Fazendo seus rascunhos aqui e acolá desde 1997, já colaborou com suas ilustrações para diversas mídias impressas e digitais de São Paulo e Paraná.
+ VEJA TAMBÉM