22 de Novembro de 2019
17º/33º
ENTRETENIMENTO » COLUNISTAS

Para Sindicato, segurança bancária é uma falta de respeito dos bancos com a população e bancários

COLUNISTA - Sindicato dos Bancários de Assis e Região

Para o Sindicato dos Bancários de Assis e região é grande a preocupação pela falta de alguns mecanismos de segurança que algumas agências bancárias vem apresentando ultimamente, como, portas giratórias automáticas, câmeras de vigilância, cabine blindada, onde um vigilante armado deve permanecer durante todo o expediente. Tudo isso visando a segurança dos funcionários e população em geral, clientes ou não dos bancos.

Existem tecnologias cada vez mais sofisticadas no quesito segurança com intuito de coibir roubos e outros tipos de violência, mas alguns bancos vem ignorando essa questão, tendo uma visão meramente estética e de economia, acabam retirando as portas automáticas giratórias das agências, colocando em risco as vidas dos bancários, vigilantes e clientes.

"A nossa preocupação não é se o lugar (agência ou posto) tem numerário ou não. Qualquer agência bancária é um atrativo para criminosos. Por isso, o Sindicato vai continuar vigilante, acionando as autoridades competentes na busca de fazer cumprir a legislação”, afirma o secretário geral do Sindicato dos Bancários, Fabio Escobar que, para ele, a prevenção ainda é a melhor alternativa.

Escobar finaliza afirmando que segurança não pode ser vista de forma economicista e nem estética. "Os bancos mais uma vez provam que só se preocupam com lucros e não se importam com o bem estar do ser humano”.

Ello Assessoria & Comunicação
+ VEJA TAMBÉM