17 de Agosto de 2022
20º/30º
Entretenimento - Colunistas

Já esterilizou seu cortador de unhas hoje?

COLUNISTA - Magali Nascimento

A ideia é a mesma para alicates e tesouras.

Taí uma prática que, quase sempre, as pessoas se esquecem. Principalmente, quando o uso é doméstico e individual.

Estes instrumentos acumulam impurezas ao longo do tempo, permitindo a presença de microorganismos causadores de infecções.

Tenho certeza que você não quer ter contato com vírus, fungos e bactérias.

Siga estas dicas, pelo menos uma vez por mês, para desinfetar seu kit.

Divulgação - Magali Nascimento, Podóloga - Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal
Magali Nascimento, Podóloga - Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal


Use uma escovinha para limpeza superficial, deixe de molho por 15 minutos em água com detergente enzimático (proporção de 3 para 100), passe álcool 70%, finalize a limpeza com papel absorvente e guarde separado de outros instrumentos.

Seu material ficará livre de presenças indesejadas.

Mas, a coisa fica um pouco mais séria, se o assunto for cuidar de seus pés (e mãos) fora de casa.

O lugar que você frequenta possui uma autoclave ou uma estufa? Estes equipamentos fazem a esterilização, a vapor e a seco, de todos os instrumentos metálicos utilizados, inclusive bandejas, pinças e estojos.

O consultório de podologia deve possuir, no mínimo, seis jogos de instrumentos disponíveis para o atendimento dos pacientes. Preste atenção se os materiais estão embalados.

A profissional que faz seu atendimento deve, obrigatoriamente, utilizar equipamentos de proteção individual (EPI): luvas descartáveis, touca e máscara, óculos de proteção e jaleco de manga comprida de cor clara.

O local também deve seguir protocolos de funcionamento emitidos pela Vigilância Sanitária Regional.

A prática da podologia é regulamentada, no Estado de São Paulo, pela Lei Estadual nº 16.763, de 11/06/2018. No âmbito federal, a regulamentação está em fase final de aprovação, através do Projeto de Lei da Câmara n° 151, de 2015, recém-aprovado pelo Senado. A cidade de Assis também possui legislação sobre tratamentos de podologia, mas isto será assunto para outra coluna.

Uma podóloga especializada seguirá as regras do Código de Ética do Profissional Biomédico.

Biossegurança na Podologia é fundamental! Cuidar de seus pés em um local que não segue as regras que citei acima, pode lhe causar problemas. Tenha cuidado!

E, aproveite para higienizar seus cortadores de unhas, alicates e tesouras.

Beijo!
Divulgação
Magali Nascimento
Podóloga há 10 anos. Técnica em Podologia, pelo SENAC Marília, graduanda em Tecnologia em Podologia pela Unicesumar. Certificada e especialista em knesiopodo, correção de unhas, onicomicose, laser aplicado à Podologia, ácidos e peeling e tratamento de pés diabéticos,
+ VEJA TAMBEM