18 de Setembro de 2021
20º/30º
Notícias - Região

Energisa Sul-Sudeste alerta para a segurança das crianças no período de férias escolares

Tomadas irregulares, fios expostos e pipas perto da rede elétrica estão entre os principais riscos de acidentes

Chegou o período de férias escolares e a criançada, com mais tempo livre, precisa de atenção. Na lista de cuidados que devem ser redobrados pelos pais e responsáveis estão os acidentes elétricos que, só no ano passado, causaram a morte de 66 crianças em todo o país, conforme os dados da Abracopel (Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade).

A coordenadora de Saúde e Segurança da Energisa Sul-Sudeste, Juliana Volpi Favaretto, alerta que as crianças estão expostas a riscos de acidentes elétricos dentro e fora de casa, o que traz para os adultos a responsabilidade de adotar medidas que garantam a segurança dos pequenos.

"Os cuidados devem ser priorizados a todo momento. Antes mesmo de o bebê começar a engatinhar e explorar os ambientes da casa, os pais precisam antever e prevenir qualquer situação que possa causar um acidente, colocando protetores nas tomadas e não deixando fios expostos, que podem ser um atrativo para os filhos", destaca a coordenadora.

Com as crianças maiores não é diferente: uso de benjamins para ligar vários aparelhos na mesma tomada, eletrodomésticos energizados e brincadeiras próximas à cerca elétrica estão entre os cenários favoráveis a um acidente.

"Por mais que as brincadeiras dentro de casa possam parecer mais seguras, equipamentos como videogame, computador, celular e tablet também merecem atenção: os pais não devem permitir que as crianças brinquem com eles enquanto estão carregando na tomada" enfatiza Juliana, observando que essas mesmas orientações valem para os adultos que costumam usar o celular enquanto carregam.

Para os que preferem a diversão ao ar livre, o principal cuidado quanto à eletricidade está na brincadeira com pipas. "Acompanhe as crianças e fiscalize os adolescentes para que brinquem apenas em campos de futebol, parques ou áreas abertas onde não tenha fiação. A pipa pode enroscar nos fios e, ao tentar resgatá-la, a diversão também pode resultar em um acidente fatal", reforça a profissional da Energisa Sul-Sudeste.

Confira as dicas da Energisa para prevenir acidentes elétricos com a criançada:

Faça uma revisão periódica e mantenha as instalações elétricas de sua residência em bom estado;

Não use fios emendados, velhos ou danificados, nem deixe-os expostos e soltos;

Coloque protetores nas saídas de energia e use tomadas no novo padrão do Inmetro;

Evite usar benjamins (conhecidos como T) ou extensões, pois podem provocar superaquecimento, curtos-circuitos e até incêndios;

Não deixe que as crianças fiquem colocando ou retirando aparelhos elétricos da tomada;

Lembre-se: água e eletricidade não combinam. Deixe aparelhos elétricos longe da água e, ao usar qualquer equipamento, esteja sempre com calçados e mãos secas;

Nunca aproxime bastões, hastes ou outros objetos de fios e cercas elétricas;

Por fim, não solte pipas em dias de chuva ou de vento muito forte. Em caso de relâmpagos, recolha a pipa imediatamente.
Divulgação
+ VEJA TAMBEM