06 de Agosto de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Madureira defende governo de coalizão e mira planejamento em diversas áreas

Conduzida por Gerônimo Paes da Difusora e Professor Elielton do AssisCity a jornada recebeu Lúcio Antônio Madureira, do partido Patriota, de Cândido Mota

Nesta terça-feira, 14, a parceria entre a Rádio Difusora e o Portal AssisCity deu continuidade à série de entrevistas com pré-candidatos às prefeituras da região. Conduzida por Gerônimo Paes da Difusora e Professor Elielton do AssisCity a jornada recebeu Lúcio Antônio Madureira, do partido Patriota, de Cândido Mota.

Político da velha guarda, o advogado exerceu o mandato de vereador na cidade de Mauá entre o fim dos anos 1970 e início da década seguinte. Sobre seu retorno a Cândido Mota em 2012, afirmou não ter no início o interesse em ocupar cargos públicos, apesar de acompanhar os trabalhos do Legislativo. Desenvolveu trabalho voluntário no Conselho de Saúde e foi líder comunitário. Lúcio Madureira aceitou o convite para a pré-candidatura após constatar que seu nome apareceu em uma enquete com boa aceitação.

Divulgação - Madureira defende governo de coalizão e mira planejamento em diversas áreas
Madureira defende governo de coalizão e mira planejamento em diversas áreas


Habilidoso com as palavras, o pré-candidato expôs sua visão política destacando a ideologia do partido como centro-direita. Alegou trazer o novo para a política, porém, quando questionado sobre como seria a negociação com a Câmara, em caso de ser formada por opositores, não descartou a nomeação de vereadores para cargos com o objetivo de governar em conjunto: "Não vamos aqui ser ingênuos. Por exemplo, em Cândido Mota eu sou o prefeito eleito e cinco, seis partidos elegeram os nove vereadores, para você governar com esses partidos e esses nove vereadores nós vamos ter que fazer um governo de coalizão."

O pré-candidato negou que isso seja a velha barganha e afirmou: "Você não consegue governar, você sozinho de um lado e os vereadores do outro. Não é concessão! O partido tal tem dois vereadores na Câmara, vai governar em conjunto na coalizão, é justo que ele vai trabalhar. Essa coalizão é qualificação das pessoas que vem. É sentado todo o grupo, e olha esse cidadão indicado pelo partido o qual faz parte da aliança com a gente. Essa pessoa tem qualificação? Tem! Então nós não temos porque falar não para ele."

Madureira justificou o "novo" como "diálogo, trabalho, proposta para o Município, ouvir os questionamentos mais importantes, dar prioridade a tudo aquilo que o Município precisa pra ontem! Esse é o novo!"

O pré-candidato ainda discorreu sobre o que chama de planejamento citando a necessidade de melhorias em diversas áreas como saúde, educação, cultura, esporte, mobilidade urbana e segurança. Defendeu a melhoria e qualificação dos funcionários, citando, inclusive, melhora de salário. Como realizações marcantes em um possível mandato, considerou o sonho de recuperação de vicinais. "A segunda é manter nossa cidade limpa, uma cidade alegre, uma cidade com outro astral", considera.

Madureira finalizou a entrevista dizendo que ainda não tem uma estratégia definida de campanha, que o partido já avisou que não terá dinheiro de fundo eleitoral e que irá gastar o mínimo possível, porém, não apresentou um valor.
Nessa quarta-feira, 15, a entrevista será com Dante Mantovani, pré-candidato a prefeito de Paraguaçu Paulista.

+ VEJA TAMBÉM