02 de Junho de 2020
13º/27º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Prefeito José Fernandes dá start para construção do Hospital de Campanha em Assis

Ao todo serão construídos 32 leitos, 2 consultórios médicos, 1 sala de estabilização, 1 semi UTI com respiradores, além de vários estandes

Conforme anunciado há alguns dias que seria construído um Hospital de Campanha em Assis para prestar atendimento a pacientes com COVID-19, hoje o prefeito José Fernandes anuncia o início de sua construção, que deve ficar pronto em um rápido espaço de tempo.

Após reunião nessa terça-feira, 7, com o grupo do Comitê de Contingenciamento e Enfrentamento ao COVID-19 no Município de Assis, e mediante apresentação do projeto arquitetônico finalizado, o espaço físico definido, o próximo passo é realizar a estrutura física.

No ginásio da ADPM serão construídos 32 leitos, 2 consultórios médicos, 1 sala de estabilização, 1 semi UTI com respirados, além de vários estandes.

O investimento do Hospital de Campanha será conforme se segue: R$ 100 mil para estrutura dos estandes, R$ 300 mil para aquisição de imobiliários e R$ 45 mil para medicamentos e EPIs.

Divulgação - No ginásio da ADPM serão construídos 32 leitos, 2 consultórios médicos, 1 sala de estabilização, 1 semi UTI com respirados, além de vários estandes
No ginásio da ADPM serão construídos 32 leitos, 2 consultórios médicos, 1 sala de estabilização, 1 semi UTI com respirados, além de vários estandes


O Comitê também fez o levantamento do investimento com recursos humanos que será de R$ 300 mil ao mês, sendo que será realizado processo seletivo para contratação de médicos, enfermeiros, auxiliar de enfermagem, farmacêutico, secretária, auxiliar de limpeza e copeiro.

Para a construção do Hospital de Campanha a Prefeitura de Assis vai utilizar R$ 662 mil de dois fundos municipais e R$ 800 mil destinados pelo Governo do Estado de São Paulo.

Para o prefeito José Fernandes, que aguardava a finalização do projeto estrutural para dar o início na construção, esse é um projeto que a partir de agora começa a tomar forma.

"Nós estamos fazendo tudo com bastante cautela e precisão, balizados por técnicos que compõem o Comitê, porque temos urgência em estarmos preparados para atendermos pacientes com COVID-19 e não podemos errar em nada. Agora, com projeto estrutural pronto, nosso Hospital de Campanha começa a tomar corpo. Esperamos que não precisemos usar, mas não podemos ficar inertes a uma pandemia como essa que tem assolado o mundo todo”, diz o prefeito.

Assessoria PMA
+ VEJA TAMBÉM